quinta-feira, 15 de junho de 2017

AS ESCOLAS DO 1.º CICLO ESTÃO MAIS COLORIDAS

          Ao longo das últimas duas semanas de aulas, serão desenvovidas, em todas as escolas do 1.º ciclo, atividades  de expressão plástica que visam despertar nos alunos  a creatividade e o sentido estético, transformando  a sua escola num local mais aprazível e  acolhedor e com a qual se identifiquem.


                                  Prof. Isabel Monteiro

FESTA DA PRIMAVERA NA QUINTA DA PICOTA EM VALE DE MADEIROS

No dia 9 de junho de 2017, todos os alunos do 1.º CEB do Agrupamento de Escolas de Canas de Senhorim juntaram-se, mais uma vez, na Quinta da Picota, em Vale de Madeiros, para celebrar a “Festa da Primavera”.
Ao longo da manhã, os alunos realizaram jogos lúdico pedagógicos e tradicionais, num local aprazível, em plena natureza.
Após a realização das  atividades,  todos almoçaram com apetite redobrado.

                           Prof. Isabel Monteiro






Escolas Empreendedoras da CIM Dão Lafões

No dia 7 de junho de 2017, o Auditório do Edifício Multiusos encheu-se, mais uma vez, para aplaudir os alunos do 1.º Ciclo do Agrupamento de Escolas de Canas de Senhorim e de Nelas que hoje deram o “salto” para a 15.ª casa da “Aventura do Gaspar”. Foi no âmbito do Projeto “Escolas Empreendedoras da CIM Viseu Dão Lafões” que a turma A da Aguieira e a turma E do Fojo nos apresentaram um jogo didático alusivo ao nosso património. Esta iniciativa, que tinha como objetivo desenvolver competências empreendedoras, não podia  ter  terminado melhor! Parabéns a todos!

domingo, 11 de junho de 2017

Canas Senhorim_Artes'17

20 Maio de 2017, PINTURA DE MURAL ao vivo na EB 2,3 / S  Eng.º  Dionísio  Augusto Cunha, em CANAS DE SENHORIM, por alguns alunos do Agrupamento que demonstraram já ter muito talento para as artes plásticas.

Este evento contou com a colaboração dos artistas plásticos Dina de Souza, Kim Molinero, Isabel Bárbara Monteiro e Ester de Sousa e Sá e com o apoio das professoras, Celeste Sampaio, Maria José Valejo e Elisabete Sampaio.


















































 

domingo, 16 de abril de 2017

Entusiasmado


Era uma vez um homem chamado Elias que adorava estudar o sistema solar.
Era já noite e decidiu ir à montanha ver as estrelas. Levou o seu telescópio para as ver bem.
As estrelas eram muito brilhantes, Elias estava entusiasmado com a ideia. Ele e a família foram no carro até à montanha mais alta de Portugal Continental.
Uma vez lá, poisaram um tapete que tinham levado, deitaram-se no chão a ver as imagens maravilhosas que as estrelas mostravam.
Eram fabulosas! Viam-se animais de todos os feitios: cães, tigres, ursos…
Observar as estrelas foi espetacular!
                                                   João Dinis, 3.º ano

                                                  Turma A - Aguieira

Planeta Terra

Sentia-se só, afinal nada mais existia para além dele, da ilha onde vivia, da sua casa e do sol. Poderiam existir mais algumas estrelas, meia dúzia de astros e uma ou outra galáxia, mas ninguém para além dele.
Ele queria inventar, criar, sair da caixa, neste caso, da ilha situada no meio da galáxia, apelidada por ele mesmo como “Vialáctea”.
Passava dia e noite dentro de casa, enfiado no escritório, que por razões de falta de espaço, ficava na garagem.
Queria fazer um mundo com as condições ideais, com as pessoas ideais, com o clima ideal, com as profissões ideais, com as casas ideais, com as decisões ideais, com o tamanho ideal, com tudo ideal.
O primeiro que construiu, e que, digo-vos já, era quase ideal, não resultou, porque, tendo em conta que estava próximo demais do sol, não era favorável às condições de vida, sendo o clima demasiado quente. Resumindo e concluindo, Mercúrio não resultou. Vénus, embora mais fresco, era muito seco, no sentido de que tinha demasiadas rochas.
O próximo,  Terra, esse sim era ideal.

                                          Aguieira, 22 de março de 2017

                                              Lucas Oliveira, turma A